O Cirque du Soleil Entertainment Group dispensou quase todos os seus artistas nesta quinta-feira (19), já que o distanciamento social provocado pela pandemia de coronavírus obrigou a empresa circense sediada em Montréal a cancelar apresentações.
Cinemas, shoppings e varejistas fecharam as portas para limitar a propagação do vírus, que já matou mais de cem pessoas nos Estados Unidos.

No início deste mês, a empresa havia suspendido temporariamente seus shows em Las Vegas, uma de suas áreas proeminentes.
Cidades e países em que o grupo se apresenta aprovaram por unanimidade a proibição de aglomerações públicas de mais de 250 pessoas seguindo orientações dos governos, disse a empresa.

“Esta decisão é nossa única opção”, disse o presidente-executivo, Daniel Lamarre, em um comunicado.
O grupo circense disse que uma equipe de apoio reduzida continuará a trabalhar nos planos de turnês e vendas de ingressos para shows mais adiante neste ano e em 2021 e se preparará para recontratar quando as produções forem retomadas.

Fonte : Folha de São Paulo