O suposto estupro que Nego do Borel teria cometido contra Dayane Mello em A Fazenda 13 ganhou repercussão internacional. Alguns jornais italianos noticiaram o episódio de assédio que a modelo teria sofrido. Dayane é conhecida na Itália após ter sido finalista do Gran Fratello VIP, uma versão do Big Brother, com a presença de pessoas famosas.

O jornal Il Mattino publicou reportagem relatando o que teria ocorrido e ainda salientou que Giulia Salemi e Rosalinda Cannavò, amigas de Dayane desde o GF VIP, cobraram atitudes punitivas da Record TV quanto a Nego do Borel. O veículo jornalístico já havia publicado outras duas matérias sobre um possível assédio de Nego contra Dayane após a primeira festa da Fazenda.

O Il Giornale também falou sobre o ocorrido e relembrou a mobilização feita na internet para que Nego do Borel fosse expulso da Fazenda 13. Além disso, o jornal comentou sobre as investidas fortes que o cantor teria feito sobre a modelo em momentos anteriores e julgou o possível estupro um caso “impensável” de acontecer, “principalmente durante um programa de televisão e sob o olhar das câmeras”. O veículo ainda publicou uma matéria sobre a defesa que Nego fez nas redes sociais, negando ter cometido qualquer ato ilícito contra Dayane.

Assim como os outros jornais, o Corriere Della Sera também noticiou os fatos, contando o que aconteceu e quais medidas foram tomadas. O jornal, um dos mais tradicionais da Itália, ainda afirmou que “os advogados de Dayane estão prontos para a batalha”.

Fonte: Metrópoles