Elivandro Cuca ,o Popular  Mister Cuca 

Sou Compositor, produtor cultural e agente da Som Livre, na captação de artistas e autores.

Iniciou sua carreira em 1997.  Desde então, foi vocalista de inúmeras bandas, entre elas a Banda Mister Kuka, com a qual lançou 4 discos.                                                Teve as composições “A galera" e “Zum zum ê” gravadas por Ivete Sangalo. A primeira foi um dos maiores sucessos do carnaval baiano de 2005, e a segunda gravada em parceria com Carlinhos Brown. Na mesma época, teve a música “Piriri piti” gravada pelo grupo Babado Novo, que, com o sucesso, foi incluída na trilha sonora da novela “Cobras e lagartos”, da Rede Globo de Televisão.  No mesmo período, a cantora Preta Gil gravou sua composição “Eu e você, você e eu".  Com Durval Lélys, líder do grupo Asa de Águia, compôs as músicas “Cerveja e coco” e "Trenzinho do amor".   Em 2006, assinou a obra “Calypso pelo Brasil” (c/ Chrystian Lima), que deu nome ao DVD da Banda Calypso lançado no mesmo ano. No mesmo disco, a Banda gravou sua composição “Apareça meu amor” (c/ Chrystian Lima).  Em 2007, Netinho gravou sua composição "Tum tum dois corações".  No mesmo ano, sua obra “Caldeirão", interpretada por Davi Moraes e Márcio Victor, da Banda Psirico, foi incluída na trilha sonora do filme "Ó paí, ó”, dirigido por Monique Gardenberg. Teve três músicas incluídas em DVD ao vivo da banda Cavaleiros do Forró,  “Do jeito que painho gosta”, “Amor sozinho” e “O nosso amor é 10”.   Em 2008, teve a música "Máquina do tempo" gravada em DVD ao vivo pela Banda Calypso.  Teve as músicas “Balançando o Brasil”, “Coração free” e “Só gosto de mulher quente” gravadas pelo grupo Calcinha Preta; e a música "Quando um não quer dois não brigam" gravada pelo grupo Aviões do Forró.  Em 2011, sua composição “Beber, beber" foi sucesso na voz de Leonardo. Em 2012, sua composição "Caminhão da alegria" foi gravada e escolhida como música de trabalho pela cantora Margareth Menezes.  Em 2014, lançou o CD “Elivandro Cuca, brega do bom”, em que interpreta suas composições. Em 2015, sua composição "Balanço legal” foi a música de trabalho do cantor Netinho no ano. Durante a carreira, teve centenas de músicas gravadas por diversos artistas, de variados segmentos, como axé, sertanejo e forró, entre eles Terra Samba, Aviões do Forró, Cléo Di Bah e Rafael, César Menotti e Fabiano, Leonardo, Banda Magníficos, Banda Cheiro de Amor, Motumbá, Voa dois, Banda Libanos, Valneijós, Mulheres Perdidas, Banda Chacal, Rapazzola, Asa de Águia, e Calcinha Preta.