A prefeita de Teolândia, Rosa Baitinga, confirmou o cancelamento da Festa da Banana na noite deste domingo (5). A gestora, que em outro momento contou que essa seria a realização de um sonho, revelou ter chorado por toda a situação.

A festa, a qual foi cancelada, liberada e mais uma vez cancelada, começou neste sábado (4) e contaria hoje com o show de Gusttavo Lima, que já estava a caminho, mas retornou no trevo de Teolândia, entrada da cidade.

O evento foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) por suspeita de irregularidades nos gastos com a organização, principalmente em relação aos cachês pagos. Somente para Gusttavo Lima foram destinados R$ 704 mil.

Após o evento ser cancelado pela Justiça, a prefeitura recorreu da decisão. A liberação saiu ontem, quando o juiz Alberto Raimundo Gomes dos Santos considerou que houve publicidade do evento desde o mês de março, sobre contratações de bandas, “cujos contratos não foram impugnados [questionados], oportunamente, pelo Ministério Público”.

Hoje, o Superior Tribunal de Justiça, o STJ, suspendeu a decisão. Mas a prefeita havia afirmado que a festa ainda iria acontecer. Para muitos, a suspensão em pleno domingo se trata de um boicote, por se tratar de um artista de renome no meio nacional.

Fonte: Ilhéus Eventos 

Deixe seu Comentário