A Secretaria de Vigilância do Ministério da Saúde voltou a recomendar a utilização de máscaras por conta do avanço das contaminações por covid-19 e, principalmente, por conta do surgimento da subvariante BQ.1. A recomendação foi enviada pela pasta no último domingo (13).


Na semana epidemiológica entre 6 e 11 de novembro, foram notificados 57.825 casos e 314 mortes causadas pelo coronavírus. A média móvel dos últimos sete dias ficou em 8.448 diagnósticos diários, representando um aumento de 120% em relação à semana anterior, com 3.834. Já a média móvel de óbitos foi de 46, um acréscimo de 28% se comparado com a última semana, com 36.


A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) informou que o número de testes de farmácia com resultado positivo subiu 38% em uma semana. Foram 4.850 diagnósticos entre 31 de outubro e 6 de novembro.

A recomendação do Ministério da Saúde acontece principalmente para pessoas com fatores de risco para complicações da Covid-19, em especial imunossuprimidos, idosos, gestantes e pessoas com múltiplas comorbidades.